quarta-feira, 10 de março de 2010

hq para revista feminina I


no (breve) período de vacas magras em portugal, eu e meu parceiro liber matteucci inventamos esta personagem que tentaríamos vender para uma revista da editora abril/morumbi, chamada "activa". a editora-chefe era uma brasileira nossa amiga, que comprou a ideia na hora. fizemos uma página mensal durante um ano (1993), até que saí do projeto por não concordar com as intervenções teleguiadas pelo diretor-editorial na época. ele queria uma coisa mais comportadinha e antiquada, quando a personagem era irreverente e moderna, a cara do público alvo da revista: mãe-solteira, profissional e auto-suficiente. o liber ainda tocou a série por mais algum tempo, com outros dois colegas ilustradores. esta página foi feita em papel schoeller, desenhada a lápis. usei cola benzina para mascarar as letras do título e isolar as áreas de brilho nos quadrinhos; finalizei com ecoline. os tipos invertidos que aparecem nos quadros no alto e no pé da página, não são "frottage", mas efeito do adesivo que usei para colar a página impressa da revista em uma prancha de portfolio. o original se perdeu. como o português é o de portugal, aqui vai um glossário para não haver confusões: xana = nome próprio feminino, muito comum por lá • mamã = mamãe • conduz = dirige • bichas = filas • portagem = pedágio.

2 comentários:

Anônimo disse...

Qqdwqdsaas ascaassc fdrewe:
unhelmed head thrust far without, to watch the glow that leapt against
"Get the mufflers on, Joe; get 'em on an' don't stand staring like a

jo fevereiro disse...

Yes, of course!