segunda-feira, 31 de agosto de 2009

tide hellmeister VI


as divergências causam terremotos. nesta o tide forneceu as janelas e eu cuidei do resto.

sábado, 29 de agosto de 2009

tide hellmeister IV


continuação da imagem anterior, os pontos de vista começam a colidir.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

tide hellmeister III


galileu e gutenberg se relacionam com o céu, cada um à sua maneira. fundo do tide, figuras e photoshop meus.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

tide hellmeister II


típico humor do tide, incluir a figura de um baleiro numa prancha de "entreato". fundo e colagens dele, figura e photoshop meus.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

tide hellmeister I


nos conhecemos por causa deste trabalho, em 1998. claudio rocha, um amigo comum, nos colocou em contato porque o tide precisava de alguém que o ajudasse nesse "folder" para a gráfica burti. foi o começo de uma grande e produtiva amizade que, felizmente, continua mesmo após a sua partida prematura no último dia de 2008. nesta cena de abertura, o fundo, as maquetes e os balões, são do tide. minha contribuição foi na colocação dos fios (photoshop) e sinais gráficos nos balões.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

paradidática


montagem de duas ilustrações feitas com grafite e ecoline sobre papel canson, para a editora ática. as duas foram baseadas em quadros antigos, com algumas modificações. na de napoleão, uma tela de paul de la roche, eliminei vários detalhes do fundo, para ressaltar sua postura derrotada. na outra, "washington cruzando o delaware" de emanuel gottlieb leutze, mudei o ângulo da cena para enquadrá-la melhor na página diagramada.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

didática


ilustração para livro de ciências, encaixada na página diagramada pela editora "x". lápis e photoshop.

domingo, 23 de agosto de 2009

didática - hipérbole, elipse, parábola II


menos mal, ele deixou por minha conta resolver a questão. associei as figuras de estilo com as figuras geométricas. em outras épocas, eu passava a tarde na sala do editor discutindo a conceituação de cada desenho. era muito mais produtivo e eficiente.

didática - hipérbole, elipse, parábola I


aqui um exemplo interessante de como anda a edição de livros didáticos no brasil. me foi pedido, por escrito, pelo intermediário da editora "x", o seguinte: – "ilustração bem engraçada em dois quadrinhos: uma garota de 15 anos passeando com os seus três cachorros no parque. ela quer caminhar, mas os cachorros a atrasam. então a todo momento ela tem de chamá-los: (no balão) vem, elipse! vem, hipérbole! vem, parábola! no quadrinho seguinte, dois garotos (15 anos) conversam sobre a cena. o primeiro: "a aninha deve gostar muito de português!" o segundo: "ou de matemática."(sic) – não sei se quem fez o bizarro pedido foi o autor ou o editor, mas tentei dissuadir o intermediário de levar adiante uma idéia tão descabida para um livro didático. não consegui, e também não me contentei em traduzir literalmente o que era pedido. a saída que encontrei foi esta, mais surrealista do que eles poderiam imaginar. optei por relacionar as "figuras de estilo" com os respectivos cachorros: elipse = supressão, hipérbole = exagero, parábola = simbolismo (cachorro/salsicha). o intermediário não aceitou, porque ao invés de um cachorro com duas cabeças (hipérbole), via dois cachorros copulando (???).

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

terça-feira, 18 de agosto de 2009

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

didática - aldeia indígena I


lápis, colorido no painter e photoshop, para coleção de história da editora ática.

sábado, 8 de agosto de 2009

caricas portuguesas X


com esta dose dupla, chegamos ao final da série. aqui uma humilde homenagem ao estilo de um dos maiores caricaturistas do mundo, o português antónio. novamente usei o "graphite pure 2900 3b" da faber-castell. agradeço muito a simpática e inteligente participação do casal adriana e filipe – alter egos do poderoso "adrifil" – que nos acompanhou nesta viagem.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

caricas portuguesas IX


este parece não andar de bom humor. foi feito com uma caneta hidrográfica comum.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

caricas portuguesas VII


bem, esta figura e a seguinte dispensam apresentações, mesmo no brasil, mas a brincadeira tem que continuar...

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

caricas portuguesas VI


neste admito que exagerei, pois sempre o vi como uma espécie de gnomo ou duende. de todo modo, com alguma imaginação, pode ser identificado.

caricas portuguesas V


este já está a dizer a que veio.

domingo, 2 de agosto de 2009

caricas portuguesas IV


vamos ao diálogo entre os personagens...

sábado, 1 de agosto de 2009

caricas portuguesas III


este personagem já não é mais o que era. trabalhei com o mesmo tipo de caneta utilizada no anterior.