terça-feira, 9 de março de 2010

editorial


base de ilustração feita para uma matéria que tratava das legalidades e ilegalidades na migração de decasseguis brasileiros para o japão, publicada em maio de 97 pela revista “japão aqui”. na imagem final apliquei no interior da capa do personagem sombrio, com photoshop, vários anúncios classificados que arrebanhavam interessados em trabalhar no japão. nanquim e ecoline sobre papel fabriano.

2 comentários:

bruno di chico disse...

Está humilhando, muito foda esses seus últimos posts, Jo. Depois que vi seus quadrinhos em pb, resolvi largar mão da cor definitivamente. Vamos ver no que dá.
Abração.

jo fevereiro disse...

Não radicaliza tanto, Brunão. Também gosto muito de pb. Meus quatro primeiros anos de trabalho/aprendizado com o Nico Rosso, foram em pb. Mas, com o tempo, a gente percebe que tem umas coisas que ficam bem em pb, e outras que precisam de cor. Não dá pra abrir mão de nada. E além de tudo, tuas cores têm tudo a ver com o teu desenho.
Claro que, dependendo do tema, você pode usar pb numa boa. Abração.