sábado, 8 de agosto de 2009

caricas portuguesas X


com esta dose dupla, chegamos ao final da série. aqui uma humilde homenagem ao estilo de um dos maiores caricaturistas do mundo, o português antónio. novamente usei o "graphite pure 2900 3b" da faber-castell. agradeço muito a simpática e inteligente participação do casal adriana e filipe – alter egos do poderoso "adrifil" – que nos acompanhou nesta viagem.

4 comentários:

Adriana e Filipe disse...

Termina em beleza com:
- Leonor Beleza, ex-Ministra da Saúde, e que teve o nome ligado ao escândalo de vários doentes hemofílicos que foram tratados com sangue contaminado com o vírus HIV (AIDS). O caso prescreveu ao fim de... 18 anos!!!
- Marcelo Rebelo de Sousa, o "professor". Já teve muitos cargos públicos mas agora é mais conhecido como comentarista político na TV.

Acertamos no teste final? Este foi o mais difícil para nós. :)

jo fevereiro disse...

Meus amigos, precisamente no último da fila, o erro parece ter sido meu. Apesar da semelhança com o "professor", a intenção era de desenhar o Fernando Costa Freire, ex-secretário de estado da Saúde, que esteve envolvido no escândalo Beleza.
Um grande abraço ao casal e, mais uma vez, obrigado!

Adriana e Filipe disse...

A kryptonite verde do "poderoso" adrifil foi a preguiça. :)
Na verdade, não nos pareceu muito que a carica fosse do prof. Marcelo mas nem nos lembramos do Costa Freire porque ele já saiu da cena pública há muito tempo. Nem relembrando o escândalo Beleza pensamos no Costa Freire. Ficamos fixos nas sobrancelhas (que fazem lembrar as do Marcelo Rebelo de Sousa) e não saímos daí.
Mas acertamos 10 em 11. Não está mal, pois não? Você também ajudou porque fez as caricas muito parecidas com os originais. :)
Foi muito bom e engraçado participar neste teste caricatural. :)

jo fevereiro disse...

Se bem me lembro, a foto que usei como base para essas duas caricaturas, era de um depoimento formal que deram em conjunto para a justiça em 92 ou 93.
Vocês foram ótimos! Vale a pena desenhar para pessoas sensíveis e inteligentes. Elas resolvem boa parte de nossos problemas e deficiências.