quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

o outro lado da ilha - VII de VIII


como não estou com tempo para trabalhar as ilustrações que faltam, dou sequência à série com esta que já teve tratamento digital.

12 comentários:

César Rosolino Pasqualinotto disse...

Me lembra o Rio, complexo do alemão...
Arte em preto e branco. muito fera, principalmente esse sombreamento que voce fez. sensacional josmar !! parabens mesmo.. abraço !

jo fevereiro disse...

Valeu pelo elogio rasgado, César... Só pelos sketches que vi no teu blog, vou recebe-lo como uma grande honra. Abração.

andrehq disse...

És um pusta ilustrador, Jo!

jo fevereiro disse...

Opa! Mais um elogio de peso por aqui. Já vi a tua tira no novo blog, André. Belíssima estreia! Essa série promete bastante, vai ter muita gente de olho e eu junto. Abração.

Gustavo Haracemiw disse...

Muito bom!

Gosto muito das suas ilustras Jô, são tão reais... as sombras e tudo mais também são perfeitas...

Parabéns!
Abraço!

jo fevereiro disse...

Obrigado, Gustavo, mas tenho como critério postar aqui tanto os trabalhos que me agradam, quanto os que não me agradam. É uma maneira de ser honesto com quem visita, e comigo mesmo. É bom saber que na nossa profissão nem tudo sai sempre como gostaríamos, pelos motivos mais diversos como: prazo, interferência de clientes, maior ou menor empolgação com o tema, etc. Estou até pensando em montar um blog de tiras, um de ilustração e até um de texto. Nesses, serei mais seletivo. Este aqui é do Jo Fevereiro, com seus erros e acertos. Espero que identifique e apreenda aqui o que achar bom para o teu trabalho. Ficarei muito contente em ter sido uma boa influência para você. Abração.

bruno di chico disse...

Realmente, como o César escreveu, parece o povo do morro correndo dos tiros.
Muito bom.

bruno di chico disse...

Se não me engano, tem um caranguejo gigante subindo a escada... não? Como sempre, técnica de mestre na composição, perspectiva etc.
E o café, hein, Jo? Tá difícil, sempre rola algum imprevisto. Mas tenhamos fé, logo, logo dá certo.
Abração.

jo fevereiro disse...

Brunão, demorou para aparecer! Esclarecendo... O ambiente onde se situa essa cena, é a parte superior de um farol em ruinas em uma ilha deserta. É noite, e os dois adolescentes que exploravam o local são surpreendidos pelo enorme caranguejo que tenta subir pela escada. Quanto ao café, já disse também pro Rogério, é só ligarem pra avisar quando der para vocês virem.
Abração.

ivone paiva disse...

Muito legal, eu li este livro qdo.
era adolescente, na escola, linda
ilustração, e parabéns teu trabalho
é incrivel.

jo fevereiro disse...

Ivone... É muito bom saber que o meu trabalho permanece na memória dos leitores, assim como o trabalho dos ilustradores que eu admirava na infância e adolescência ainda permanecem na minha. Obrigado!

SEBASTIÃO SEABRA disse...

Um show de técnica Jô.
Preto, branco, preto, branco... Delícia isso.